Tierra Patagônia, Hotel do Vento
Tierra Patagonia um hotel & Spa um hotel design que se integra com a natureza
Tierra Patagônia
1100
post-template-default,single,single-post,postid-1100,single-format-standard,eltd-core-1.0.3,ajax_updown,page_not_loaded,,borderland-ver-1.13, vertical_menu_with_scroll,smooth_scroll,paspartu_enabled,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.2.1,vc_responsive

Tierra Patagônia, Hotel do Vento

Tierra Patagonia

Tierra Patagônia, Hotel do Vento

Do aeroporto de Punta Arenas, após quatro horas de estrada, a van faz uma curva, e sem aviso prévio irrompe diante de nós um cenário inimaginável. Na imensidão da paisagem surge o maciço azul índigo montanhoso das Torres del Paine de frente para o Lago Sarmiento. É quando o olho distingue uma fina linha ocre-cinza apoiada no solo. Quase se afunda na terra. Ou será que boia nas águas azuis do lago? Por alguns segundos me desoriento. Quem diria! A linha é o hotel! Não é que sua arquitetura me pegou? Chegamos ao Hotel Tierra Patagônia, ou Hotel do Vento como também é conhecido.

Tierra Patagonia

A ideia do projeto, e desafio dos arquitetos, foi criar um edifício integrado à natureza. O máximo possível mimetizado a ela. Por isso reconhecemos os mesmos materiais patagônicos na construção, detalhes e décor. A madeira reina soberana em formas orgânicas no teto, do piso aos móveis. Dá aconchego. Há até mesmo um ‘barco-escultura’ feito com pedacinhos de madeira e galhos que flutua no espaço. Tapetes de couro de ovelha e tecidos feitos em teares manuais, alguns troncos retorcidos de árvores ancestrais, e só. Refinado, natural e simples.

Tierra Patagonia
Contudo o luxo maior é o cenário das montanhas que se avista através das enormes vidraças. Ele tem a graça de ser mutante dependendo da luz, das brumas, ou das nuvens que coroam seus cumes nevados. As montanhas acompanham todo o prédio, desde a piscina, passando pelos quartos, biblioteca, e pela ampla sala de estar. Neste espaço os hóspedes podem ler, consultar os muitos livros disponíveis sobre a fauna e a flora do parque, enquanto saboreiam um pisco sour – drinque cuja origem é disputada por chilenos e peruanos. Ou apenas meditar sobre aquela imensidão que também nos convida a pensar grande.

Torres del Paine

O Hotel Tierra Patagônia oferece passeios, excursões exclusivas, caminhadas ou cavalgadas que pontilham por todo o Parque Nacional Torres del Paine. Rios, cachoeiras, lagos, icebergs, vales e planícies a perder de vista. Há até mesmo um safari fotográfico que privilegia locais onde podem-se avistar condores, raposas, nandus (espécie de avestruz pequeno) e bandos de guanacos. Depois de um dia de andanças dá para rejuvenescer na piscina aquecida, na jacuzzi externa, ou nas massagens do spa. Quer mais? Uma gastronomia saudável e saborosa que destaca produtos chilenos, acompanhada dos melhores vinhos da terra. Quer mais ainda? O mais dos mais – o silêncio – que apazigua a alma e se traduz em bem-estar. É o silêncio que torna aquele espaço genuinamente luxuoso. No final da estadia o viajante terá descoberto que o Hotel Tierra Patagônia ampliou o prazer de conhecer Torres del Paine. E, que o hotel é uma viagem por si só.

Torres del Paine

Texto e fotos: Heitor e Silvia Reali

Mais informação: www.tierrahotels.com


Comentários

Heitor e Silvia Reali
"Viajamos para namorar a Terra. E já são 40 anos de arrastar as asas por sua natureza, pelos lugares que fizeram história, ou pela cultura de sua gente. Desses encontros nasceu a Viramundo e Mundovirado."

Post a Comment