Planeta Chile
10 lugares que provam porquê o Chile é um dos destinos preferidos do mundo
Chile
52284
post-template-default,single,single-post,postid-52284,single-format-standard,eltd-core-1.0.3,ajax_updown,page_not_loaded,,borderland-ver-1.13, vertical_menu_with_scroll,smooth_scroll,paspartu_enabled,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.2.1,vc_responsive

O Planeta Chile

Pampa de Tara

O Planeta Chile

Viajar para o Chile é pegar estrada! E, é o que vale, pois, a diversidade geográfica e ecológica nos levam a mundos diferentes. E mais, o país facilita a vida do viajante que pretende desbravá-lo com boas rodovias e informações precisas.
Ali a palavra aventura se traduz por liberdade.

1- Ilha de Páscoa

Ilha de Páscoa

Poucos lugares despertam tanto fascínio quanto a Ilha de Páscoa com suas monumentais  e intrigantes estátuas de pedra – os moais. Localizada a 3.600 quilômetros do litoral do Chile é um dos pontos mais desolados e remotos do planeta.
Não é fácil chegar à ilha. Mas uma vez lá, ela impressiona sob qualquer ângulo. Tanto numa grande abertura com o infinito oceano ao fundo, como num close com sua vegetação rasteira. O segredo ali é caminhar muito e deixar-se levar pela imaginação.

2- Torres del Paine

Torres del Paine

No sul do Chile, no fiorde Última Esperança, entre centenas de ilhas e canais que formam a Patagônia chilena, ergue-se o imponente maciço de pedra e granito – as Torres del Paine – que no idioma dos índios tehuelche significa montanhas azuladas. Com alturas que variam de 2400 a 3060 metros, essas torres rodeadas por lagos são parte do Parque Nacional de Torres del Paine, considerado um dos melhores locais do mundo para caminhadas, montanhismo, cavalgadas e ciclismo.


3- Geleira San Rafael

Geleira San Rafael

A primeira pista que estamos próximo a esta geleira é a chegada de constantes e pequenos blocos de gelo que flutuam na correnteza. A imagem das águas cristalinas pontilhadas desses blocos se confunde com o céu e as nuvens, dando a impressão de mar e terra invertidos. Se aproximar do glacial é surpreendente, inesperado e magnífico. Uma colossal massa de gelo azul desliza por 45 quilômetros em uma encosta até desabar na laguna, formando uma muralha de quatro quilômetros de largura e 60 metros de altura.

4- Lagunas do Altiplano

Laguna Miscanti

Tão belo quanto hostil, algo de primordial desperta quando se viaja pelo altiplano dos Andes, mesmo em pequenas distâncias. Uma paisagem áspera e extravagante, que pode ao mesmo tempo aquietar o espírito ou provocar entusiasmo. Consagrada à aventura ou ao sossego. Enfeitiça. Arrebata.
Toda essa rudeza, porém, dá uma trégua em lugares que parecem oásis, as lagunas Miscanti e Miñiques. O plano de fundo é o das silhuetas escuras das montanhas rochosas. Algumas se espelham nas lagunas verdes ou azuis, ou ainda nos salares multicoloridos.

5- Bosque Encantado – Parque Nacional Queulat

 

Bosque Encantado

Pé na estrada sempre foi motivação para viagens. Assim é possível apontar inúmeros atrativos nos 1400 km da Carretera Austral que cruza Aysén, um lugar de natureza prístina. Ali um que se destaca, e ideal para trekking é o Bosque Encantado, encravado no Parque Nacional Queulat.

6- Terra do Fogo

Terra do Fogo

A Terra do Fogo, extremo sul do Chile, é uma reserva mundial, quase intocada, de belezas e culturas. É uma das mais singulares paisagens do planeta com sua geografia apocalíptica moldada pelo vento.

Com perfeita aclimatização àquelas terras, a criação de ovelhas deu um grande salto. Hoje é possível se hospedar em muitas estâncias ovejeras que no início do século passado foram a grande riqueza da região depois da extração do ouro.

7- Catedral de Mármore

Catedral de Mármore

Esculpida durante milhões de anos pela água e pelo vento, a Catedral de Mármore, no Lago General Carrera, na Patagônia chilena, é uma inigualável obra de arte, rara união de grafismos, texturas, formas, e cores. E, mais o som da água batendo nas rochas embala a visão. Os furos e labirintos em seu interior fazem o local ainda mais belo e misterioso. Em dias de luz excepcional e com as águas muito tranquilas, pode-se ver ainda as diferentes formações submersas. Diante daquele mármore colorido, o genial Michelangelo surtaria.

8- Termas de Chillán

Termas de Chillán

Inverno acena com aconchego, a leitura de um bom livro e uma taça de vinho, ao lado da lareira. Mas em Termas de Chillán, Chile, a 440 km ao sul de Santiago, o convite é também para estar em constante atividade. Numa paisagem exuberante riscada por 32 pistas de esqui, pode-se passear de trenó puxado por robustos cães da raça husky siberiano, andar de snowmobile, ou fazer longas caminhadas nos bosques, em meio às árvores curvadas sob o peso da neve.
Porém, o diferencial maior desta estação de esqui são suas piscinas termais. De origem vulcânica, estas águas com temperatura média de 38° C, cativam os visitantes em duas piscinas, uma indoor e a outra, insuperável, ao ar livre, no meio de campos nevados. Pura experiência sensorial!

9- Pampa de Tara

Pampa de Tara

É um lugar para grandes revelações o altiplano chileno. De um lado sua atmosfera é tão pura que permite aos astrônomos perscrutar as galáxias mais distantes do Universo e sondar nosso futuro. De outro, a geografia formada por grandes cataclismos que ocorreram há milênios, ajuda a desvendar nosso passado.
Para quem gosta de aventuras, assim mesmo, no plural, raras experiências podem ser tão prazerosas quanto uma viagem ao Pampa de Tara, no Chile, fronteira com a Argentina.

10 – Bahia Inglesa

Bahia Inglesa

Praia no Atacama? É isso mesmo, e das boas. Localizada a 77 km de Copiapó, esse pequeno balneário, ainda desconhecido por muitos brasileiros, é o preferido dos chilenos. Areia branca e mar de aguas translúcidas são a marca registrada desse litoral do Pacífico.
cajuzinho


Comentários

Heitor e Silvia Reali
"Viajamos para namorar a Terra. E já são 40 anos de arrastar as asas por sua natureza, pelos lugares que fizeram história, ou pela cultura de sua gente. Desses encontros nasceu a Viramundo e Mundovirado."