Japan House, o Japão pôs o pé na Paulista
Japan House é ponto de encontro de brasileiros com o Japão na busca de novas ideias e possibilidades.
Japan House
53176
post-template-default,single,single-post,postid-53176,single-format-standard,eltd-core-1.0.3,ajax_updown,page_not_loaded,,borderland-ver-1.13, vertical_menu_with_scroll,smooth_scroll,paspartu_enabled,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.2.1,vc_responsive

Japan House, o Japão pôs o pé na Paulista

Japan House

Japan House, o Japão pôs o pé na Paulista

Para definir a Japan House nada melhor do que uma palavra bem atual: plataforma. Uma plataforma de natureza multidisciplinar. O espaço vai permitir a interação dos usuários com o Japão, por meio de workshops, seminários, vídeos, biblioteca, dos genuínos sabores japoneses a serem degustados no café e no restaurante, além de loja com objetos de design e artesanato. Enfim, um lugar para trocar ideias e experiências. Ponto de encontro com o Japão na busca de novas ideias e possibilidades.

Japan House

Inaugurando a primeira Japan House no Brasil, outras duas estão programadas para Londres e Los Angeles, o Japão nos premia com esse importante espaço, porque em no Brasil está a maior comunidade japonesa fora do país.
O projeto foi entregue ao arquiteto Kengo Kuma, o mesmo que assina o desenho do Estádio Nacional do Japão para os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020. Kuma optou pelo uso de madeira e papel artesanal nos espaços internos, e a utilização de portas deslizantes (fusumas), ao invés de paredes fixas, dando assim oportunidade para criar sempre novos espaços. Na parte externa, uma cortina de réguas de carvalho trabalhadas por artesãos japoneses faz referência aos cobogós da arquitetura modernista brasileira.

Japan House

O visitante chega à Japan House pelo pátio externo aberto para a rua, e que já é, em si, um espaço expositivo. No térreo se encontra o Café, com doces típicos japoneses, uma loja, biblioteca, salões multimídia e o jardim. No primeiro andar as salas se destinam aos seminários e conferências que podem ser configuradas graças às fusumas, de forma a criar ambientes sob medida para cada atividade. O segundo andar é para mostras de grande porte, além de restaurante, e um belo terraço que se abre para a Avenida Paulista.

Japan House

Para a inauguração, a Japan House apresenta a exposição Bambu – Histórias de um Japão, com peças para o uso cotidiano de destacados artesãos japoneses, e grandes obras como ‘Conexão’, do artista Chikuunsai IV Tanabe, e ‘Ponte em Círculo’, de Shigeo Kawashima.
Durante todo o ano, mais oito exposições já estão definidas, além dos worshops. Dentre estes o primeiro já neste mês (12/05) será a Oficina com Hajime Nakatomi, que ensinará a fazer joias usando bambu.

Japan House

Nas palavras de Kenya Hara, designer e Produtor-geral, a Japan House não é lugar para encontrar o já conhecido, e sim um espaço onde os visitantes irão encontrar a imagem de um Japão que contribui ativamente para construir um mundo mais rico.

Japan House

Abertura: 06 de maio, Avenida Paulista 52
De terça à sábado das 10h às 22
Domingos e feriados das 10 às 18h


Comentários

Heitor e Silvia Reali
"Viajamos para namorar a Terra. E já são 40 anos de arrastar as asas por sua natureza, pelos lugares que fizeram história, ou pela cultura de sua gente. Desses encontros nasceu a Viramundo e Mundovirado."