Cataratas de Santo Antônio, a 2ª maior do Brasil
Cataratas de Santo Antônio, no Amapá, segundo maior conjunto de cachoeiras do Brasil
Cataratas de Santo Antônio
1502
post-template-default,single,single-post,postid-1502,single-format-standard,eltd-core-1.0.3,ajax_updown,page_not_loaded,,borderland-ver-1.13, vertical_menu_with_scroll,smooth_scroll,paspartu_enabled,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.2.1,vc_responsive

Cataratas de Santo Antônio, a 2ª maior do Brasil

Cachoeiras de Santo Antonio

Cataratas de Santo Antônio, a 2ª maior do Brasil

O Amapá ainda precisa ser apresentado aos brasileiros. Que tal começar navegando para alcançar as Cachoeiras de Santo Antônio, o segundo maior conjunto de quedas d’água do Brasil, depois de Iguaçu? E o melhor de tudo foi a sensação de liberdade, sem passarelas, sem bilhete de embarque, sem filas, só nós e a extenção das águas.

 

 

Cachoeiras de Santo Antonio

crédito: Viramundo e Mundovirado

 

 

Apesar de ainda fora da estante de muitos aventureiros, o estado do Amapá cativa o viajante audacioso com belezas naturais que são pura adrenalina. Para citar apenas uma: as Cataratas de Santo Antônio, localizadas a 223 quilômetros ao sul de Macapá, no município de Laranjal do Jarí. As quedas d’água formam num semicírculo de 24 cachoeiras, consideradas as mais belas da Amazônia e a segunda do Brasil em extensão. Possui paredões de 30 metros de altura e mesmo com a força de suas águas é possível chegar de barco bem próximo delas.

 

 

As dificuldades foram compensadas com o cenário das cachoeiras de Santo Antonio, em Laranjal do Jari
crédito: Viramundo e Mundovirado

 

 

Na estrada ora larga e segura, ora apenas uma trilha sombria, e sem tempo para chegarmos em Laranjal, cruzamos povoados, serpenteamos rios e castanhais, atolamos em dia ensolarado em lamaçais perpétuos, e em pleno meio-dia sentimos a escuridão do interior da floresta. Conhecemos pescadores de peixes ornamentais que se gabam existir ali mais de 2.000 variedades, alguns deles podem ser vendidos a R$ 70 a unidade. Provamos o fruto camu-camu que dizem ter 100 vezes mais vitamina C que a acerola, e no mesmo dia vimos a força da natureza ser regida por fortes tempestades.

 

 

 

 

Nazistas na Amazônia? Qual o segredo da presença deles no Amapá antes da 2a Guerra Mundial?
crédito: Viramundo e Mundovirado

 

 

De Laranjal alugamos um barco e percorremos por quase uma hora o rio Jari até alcançarmos as cachoeiras. A visão nos trouxe a imagem de chegarmos num mundo perdido. Naquele mundão de águas só nós e o barqueiro. Ninguém mais. Ficamos ali por mais de três horas explorando os meandros e grutas formadas pelas cachoeiras. O som, alternava de acordo com o vento e com a altura das quedas d’água.
No retorno, de repente uma surpresa e a constatação que a geografia e a história da Amazônia são mais reais do que imaginárias: encontramos um cemitério de expedicionários nazistas que ali morreram em 1937. A prova são as suásticas entalhadas nas cruzes. O que eles faziam no meio da nossa selva?

 

 

Ruínas de uma antiga civilização? Um quilombola? Quantos mistérios, lendas e fábulas rondam a Amazônia?
crédito; Viramundo e Mundovirado

 

 

Enfim se você é um viajante impetuoso sabe o que faz um roteiro valer a pena. No Amapá há dois níveis de aventura em um itinerário: o visível que nos desafia diante dos olhos, e o desconhecido – a verdadeira aventura. Estes dois ingredientes nos acompanharam o tempo todo na viagem pelo Amapá.

 

 

Parador na estrada. Um bom lugar para trocar figurinhas e conhecer os habitantes desse Brasil maravilhoso de cenários e pessoas
crédito; Viramundo e Mundovirado

 

 

Quer mais apresentações do Amapá? Cerca de 90% de sua área é preservada e desta mais de 55 % é protegida por unidades de conservação de diversos tipos. Doze delas, com 10 milhões de hectares, uma área do tamanho de Portugal, formam o Corredor de Biodiversidade do Amapá, um grande mosaico de diferentes classes de vegetação. Nele está incluído o Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque, com 3,8 milhões de hectares, o maior parque de floresta tropical do mundo.

 

 

Uma das cachoeiras que compõem as Cataratas de Santo Antônio
crédito: Viramundo e Mundovirado

 

 

 

Quem te ajuda para uma viagem até as cataratas
Cupuaçu Turismo: www.gilsontorres.wix.com/cupuacuturismo tel.: 96-8111-1561


Comentários

Heitor e Silvia Reali
"Viajamos para namorar a Terra. E já são 40 anos de arrastar as asas por sua natureza, pelos lugares que fizeram história, ou pela cultura de sua gente. Desses encontros nasceu a Viramundo e Mundovirado."

Post a Comment